Mentalidade

Como escolher a área da residência médica?

Publicado em
13
/
07/2021

A vida é cheia de escolhas

E quando pensamos na parte profissional, desde cedo precisamos fazer escolhas que definam nosso futuro, nem sempre estando seguros de que naquele momento essa seria a melhor decisão. 

Primeiro, quando chegamos no terceiro ano, temos que escolher dentre as seguintes áreas: exatas, humanas e saúde.

Depois, precisamos decidir qual curso faremos. Mas será que com 17/18 anos já temos a maturidade para decidir qual a profissão que iremos exercer pelo resto da nossa vida?

Aí seguimos fazendo a faculdade, e ao final dela ainda temos que decidir a qual área nos dedicaremos diante das diversas opções.

Sei que são escolhas difíceis, e hoje estamos aqui para falar sobre a sua escolha para residência médica

Agora vamos tentar ajudá-lo a tomar mais essa decisão - mas desta vez, de forma consciente e sabendo que, caso daqui a algum tempo você perceber que essa não foi a melhor decisão de todas, nem tudo estará perdido, pois como em todas as profissões, novas portas se abrem e você poderá trocar de área sempre que achar necessário.

A medicina possui diversas áreas de atuação como: professor, cientista, auditor, gestor, políticas públicas, entre outros.

Atualmente são 55 especialidades médicas no brasil e a dúvida já se inicia no momento do início da graduação - ou até mesmo antes, pois são muitas influências de familiares, professores, seriados, filmes e médicos renomados.

Leia mais:

A primeira grande pergunta é: por que quero me especializar?

Comece considerando 5 pontos

  1. Desejo restringir ainda mais aquilo que gosto de fazer?
  2. Desejo qualidade e segurança na minha prática clínica?
  3. Desejo status, credibilidade e reconhecimento?
  4. Desejo uma remuneração melhor?
  5. Pense na relação oferta x demanda de médicos da localidade que deseja exercer.

Não existe resposta correta para essas perguntas, portanto você não deve ficar constrangido com qualquer resposta. O objetivo principal é você se conhecer melhor para fazer uma escolha adequada. 

Anote suas respostas e depois pense em 5 eixos para ajudá-lo a tomar uma decisão consciente.

Eixo 1 - Relação médico-paciente

Neste ponto o importante é fazer uma autoavaliação, na qual você decidirá

  • Desejo ver resultados mais rápidos ou mais demorados no meu trabalho?
  • Qual o tempo de consulta/atendimento que desejo dedicar para o paciente?
  • Qual o nível de envolvimento emocional que desejo desenvolver com o meu paciente?
  • Qual a faixa etária que desejo acompanhar?
  • Reflita sobre essas perguntas e comece descartando o que não se enquadra no seu perfil!

Eixo 2 - Empregabilidade / Remuneração

Vamos avançar com as reflexões pensando

  • Qual a carga horária que pretendo fazer?
  • Acompanhe e/ou converse com profissionais das áreas pretendidas.
  • Quais são as características da rotina da especialidade?
  • Desejo trabalhar em consultório ou dando plantão?
  • Reflita sobre questões que podem mudar o mercado, como o envelhecimento da população ou informatização da medicina, por exemplo.

Eixo 3 - Onde desejo morar

Pense nas opções de moradia durante a residência:

  • Qual o custo de vida? 
  • Quero ficar longe da família? 
  • Qual o estilo da cidade que gostaria de viver? 

E depois pense na fase pós-formado

  • É importante fazer networking durante a residência para a minha especialidade
  • Qual o número de pacientes mínimo médio da especialidade na região? 
  • Quais as características da cidade?

Eixo 4 - Rotina

A respeito da sua futura rotina, enquanto residente e depois de formado

  • Você prefere enfermaria, ambulatório ou cc?
  • Você prefere trabalhar no horário comercial ou dando plantões?
  • Você é mais motivado por uma rotina estanque ou surpresas?
  • Qual a duração da residência e subespecialidades? Você está disposto a se dedicar durante todo esse tempo?
  • Caso você ainda não esteja formado, aproveite o internato para avaliar as diversas áreas!

Eixo 5 - Status e reconhecimento

Reflita sobre o nível socioeconômico do público que irá atender e pense também se você prefere trabalhar nos bastidores ou no palco principal.

Acredito que depois desse sobrevoo pelos 5 eixos você já deve ter ao menos estreitado as possibilidades e já é capaz de seguir com suas pesquisas até a escolha ideal para este momento.

Pense que agora você fará a melhor escolha para esse momento, então não tenha medo de errar e nem fique preocupado com a opinião dos outros, pois o mais importante é você entender suas razões e seguir com sua escolha!

Sabemos que muitas pessoas nos amam e querem o melhor para nosso futuro, mas lembre-se que só você será capaz de decidir o que fará sentido para você!

Finalmente entenda que não existe especialidade perfeita, apenas aquelas em que você se encaixa mais ou menos e não esqueça que essa escolha, apesar de importante, não é definitiva - você pode mudá-la a qualquer momento.

Espero que todas essas reflexões direcionem a sua escolha para a residência que fará mais sentido para você e que fará grande diferença na sua vida profissional!

Forte abraço,

Diana Sette & Renan Mota | Mentores EMR