Estudo
Publicado em
31/5/22

Saúde digestiva: tudo que você precisa saber sobre o tema

Escrito por:

No último domingo, 29 de maio, foi comemorado o Dia Mundial da Saúde Digestiva. A data, instituída pela Organização Mundial de Gastroenterologia (WGO), visa promover debates para profissionais de saúde e a população em geral, sobre a importância da prevenção das doenças do trato digestivo, além de como preveni-las.

Todo ano, a WGO divulga o tema das discussões e palestras para o Dia Mundial da Saúde Digestiva e o desse ano é Prevenção do Câncer Colorretal - que é o terceiro tipo de câncer mais comum entre homens e mulheres no mundo.  

Além do dia 29, no dia 19 de maio também é comemorado o Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal. Por isso, o mês de maio também é conhecido como Maio Roxo, cor que marca a campanha de prevenção às doenças inflamatórias intestinais. 

Quais são os órgãos do sistema digestório?

A boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus são os principais órgãos ligados ao sistema digestório

Além deles, esse sistema também é interligado pelos chamados órgãos acessórios que são os dentes, a língua, as glândulas salivares, o fígado, a vesícula biliar e o pâncreas.

A boca e a língua auxiliam no rompimento e deglutição do alimento, já os outros produzem ou armazenam secreções que, ao chegar no estômago, auxiliam na digestão do alimento.

O que é microbiota intestinal?

O desenvolvimento do microbioma intestinal começa ainda no útero e se estabelece aos dois anos de idade. Suas funções são sentidas por toda a nossa vida. Foto: Reprodução/Adobe Stock
O desenvolvimento do microbioma intestinal começa ainda no útero e se estabelece aos dois anos de idade. Suas funções são sentidas por toda a nossa vida. Foto: Reprodução/Adobe Stock

Chama-se microbiota qualquer ambiente onde haja proliferação de vírus, bactérias, fungos e outros microorganismos. 

Dessa forma, a microbiota intestinal refere-se a população de microorganismos como bactérias, fungos e vírus que habitam o nosso trato gastrointestinal

Com aproximadamente 100 trilhões de microorganismos, a maioria de bactérias probióticas, é o local com a maior quantidade desses seres em nosso corpo. 

Funções da Microbiota

A microbiota intestinal tem uma enorme importância na regulação de nossa saúde sendo até considerada por alguns especialistas um “órgão”. Algumas de suas funções são:

  • Atua no estímulo do nosso sistema imunológico; 
  • Regula a absorção de nutrientes;
  • Promove o desenvolvimento das funções neurológicas;
  • Regula o apetite e sensação de saciedade;
  • Impede a invasão de bactérias indesejáveis e microorganismos prejudiciais.

Disbiose

Maus hábitos alimentares e um estilo de vida sedentário estão entre algumas das principais causas de desregulação da microbiota intestinal. 

A diminuição no número de bactérias consideradas boas - que ajudam o nosso organismo - ou o aumento de patógenos, microorganismos que prejudicam o funcionamento de nossos órgãos, é o que chamamos de disbiose. 

Imunossupressão, perda de memória, refluxo, maior predisposição para alguns tipos de câncer e doenças inflamatórias intestinais parecem estar entre as consequências do desregulamento da flora intestinal ou disbiose.  

Como manter o equilíbrio da microbiota?

Apesar de sua formação ocorrer até os dois anos de idade e fatores como amamentação e genética interferirem na composição da microbiota intestinal, a alimentação é o fator de maior interferência no microbioma intestinal.  

Pensando nisso, uma alimentação saudável é fundamental para a manutenção da saúde do trato digestivo.

Dessa forma, aumente o consumo de fibras, verduras e legumes, reduza a quantidade de alimentos ultraprocessados e consuma probióticos regularmente.

Além disso, praticar exercícios, evitar estresse e o consumo de álcool, açúcar e cigarro são hábitos essenciais para quem quer manter o bom funcionamento da microbiota intestinal.

Conclusão

A atenção com o sistema digestivo é fundamental para a manutenção da saúde. 

Um estilo de vida saudável com prática de exercícios físicos e uma dieta adequada ajudam no regulamento desta área tão importante do nosso corpo além de promover bem estar.

Leia Mais:

Artigos relacionados

Ver todos
Este autor ainda não possui outros artigos publicados.
Ver todos
Teste por 7 dias grátis

Experimente a nossa plataforma de estudo

Receba um acesso gratuito para testar todos os nossos recursos e tirar suas dúvidas!

Teste 7 dias grátis

Experimente a nossa plataforma de estudos

Ao confirmar sua inscrição você estará de acordo com a nossa Política de Privacidade.