Carreira
Publicado em
3/8/22

Médico pode mudar de especialidade médica?

Escrito por:

A medicina é uma carreira com diversas possibilidades de atuação. Além da carreira acadêmica, e a atuação como médico generalista, os profissionais de medicina podem ainda optar por seguir em uma das 55 especialidades e 59 áreas de atuação reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Com tantas possibilidades, é comum que médicos pensem na possibilidade de atuar em uma outra especialidade médica. 

Mas você sabe quais os caminhos para adquirir outro título de especialista? E quais as razões mais comuns para troca de especialidade? É sobre isso que falaremos no texto a seguir, confira!

Razões mais comuns para mudar:

Retorno financeiro e mercado de trabalho

Por vezes, ao escolher a primeira especialidade, os fatores considerados são apenas afinidades com o estudo para aquela área e a rotina de trabalho. 

Entretanto, é muito importante considerar o cenário a médio e longo prazo para a área que deseja seguir.

Apesar da medicina ser uma das profissões melhor remuneradas do país, algumas áreas contam com um grande número de especialistas o que pode gerar pouca demanda e reduzir o salário de profissionais da área. 

Além disso, algumas áreas podem ser extintas ou ter procura reduzida com o avanço da tecnologia.

Ao não considerar como estará o mercado de trabalho no futuro para a área que pensa em seguir, você pode se ver cogitando mudar de área após alguns anos quando a demanda e a remuneração pelo serviço for reduzido.

Rotina

Ao não considerar fatores como ambiente de trabalho, qualidade de vida e retorno financeiro, a chance de ter que mudar a área de atuação no futuro aumenta. Foto: Reprodução/AdobeStock

Outra causa comum de frustração no ambiente de trabalho é a rotina. Ao escolher a  especialidade, muitas vezes escolhemos baseados no que mais gostamos de estudar, nos casos raros que gostaríamos de ver.

Entretanto, é importante lembrar que casos raros são raros, no dia a dia o que mais encontrará são os casos mais comuns

Ademais, ao não considerar a rotina não colocamos fatores como ambiente de trabalho, perfil de paciente e qualidade de vida na balança.

Quais os caminhos para transição de carreira?

Há troca de especialidade médica que pode ser feita de duas formas, o médico pode obter uma nova especialidade médica através da residência ou obtendo o título de especialista através de uma prova.

A escolha de qual forma seguir para obter uma nova especialidade deve ser feita com cuidado.  

Cursando uma residência o profissional terá a dedicação exclusiva de 60 horas por semana e ganhará  uma média salarial de R$ 4.106,09 por no mínimo dois anos.

Outro caminho possível é a realização de uma prova de obtenção de título, essa prova deve ser feita através da sociedade da especialização da área escolhida. 

Para fazê-la o médico deve atender aos critérios do edital da prova escolhida. De modo geral, é necessário ter um CRM ativo, especialização na área e um tempo mínimo de atuação também é cobrado.

Independente da área escolhida, manter uma rotina de estudos é fundamental. A aprovação na residência médica é conhecida pela grande concorrência e as provas de título de especialistas também não são fáceis.

Dessa forma, estudar do jeito certo e de forma consistente fará a diferença na sua aprovação seja qual caminho deseja seguir.

Para isso, você pode contar com todos os conteúdos produzidos pela plataforma Eu Médico Residente. Além dos cursos preparatórios para as principais bancas de residência do país, a plataforma conta também com um banco com mais de 27 mil questões, todas comentadas por vídeo e texto por especialistas.

Perguntas frequentes

É possível fazer a transferência da residência?

É permitida a troca de local onde a residência será feita, desde que siga os critérios pré-determinados e que a solicitação seja aprovada pela Comissão de Residência Médica do estado de moradia do médico. No entanto, a solicitação se refere apenas ao local da residência, não sendo possível trocar o curso.

Pós-graduação é garantia de especialidade?

Não, uma especialidade médica pode ser obtida através de duas formas: da conclusão e aprovação em uma residência ou através da aprovação em uma prova de título de especialista. A pós-graduação se refere a um curso que visa aumentar a qualidade e o conhecimento médico, sendo muito procurada para quem pretende fazer uma prova de título de especialista.

Um médico pode fazer mais de uma residência?

Sim, mas de forma limitada. A resolução nº 2/2005 restringe o curso de residências médicas de forma que não é possível fazer mais de duas residências médicas caso uma não seja pré-requisito para outra.

Conclusão 

A troca de especialidade médica não é um processo fácil, por isso, deve ser bem pensada. É preciso considerar fatores como rotina, mercado de trabalho, disponibilidade de tempo e recursos financeiros. 

Para obter um novo título, o médico pode cursar uma residência médica ou fazer a prova de título da sociedade da especialidade escolhida.

Leia mais:

Artigos relacionados

Ver todos
Este autor ainda não possui outros artigos publicados.
Ver todos
Teste por 7 dias grátis

Experimente a nossa plataforma de estudo

Receba um acesso gratuito para testar todos os nossos recursos e tirar suas dúvidas!

Teste 7 dias grátis

Experimente a nossa plataforma de estudos

Ao confirmar sua inscrição você estará de acordo com a nossa Política de Privacidade.