Estudo

Como Se Concentrar Nos Estudos: Confira 14 Dicas Práticas

O ato de estudar exige tempo, foco e muita dedicação. Sendo considerado por muitos uma tarefa difícil e cansativa. E, de fato, é. No entanto, é extremamente necessária. Então, saber como se concentrar nos estudos é indispensável.

Manter a concentração ao estudar não é lá das tarefas mais fáceis, sobretudo, quando temos acesso à internet na palma das nossas mãos.

As redes sociais são mais atrativas ao nosso cérebro, assim como os filmes e séries disponíveis nas plataformas de streaming, mas eles não vão te ajudar a passar na prova de residência médica para aquela especialidade que você tanto sonhou.

Diante disso, neste texto você encontrará dicas práticas e preciosas sobre como se concentrar nos estudos - evitando os elementos que tiram o seu foco - para tornar o seu momento de estudo mais proveitoso.

Como se concentrar nos estudos? Confira 14 ótimas recomendações

como se concentrar nos estudos: estudante concentrada lendo conteúdo em um tablet enquanto faz anotações

1. Mantenha o celular longe

O celular pode ser um grande aliado para os estudos, assim como também pode ser um grande vilão. Se ele for usado para assistir aulas, ou resolver exercícios , tudo bem, mas do contrário, é melhor deixá-lo de lado.

Mantê-lo no seu ambiente de estudos pode tirar por completo o seu foco. A tentação de olhar ‘somente aquela notificação que chegou naquele momento’ pode te fazer perder dias de estudo.

Assim, mantenha o celular longe do local onde está estudando. Além disso, ativar o silencioso também é uma dica bastante importante. Aproveite o momento de estudos para estudar, somente.

2. Deixe as redes sociais de lado

Poder acessar as redes sociais a qualquer momento e em qualquer lugar é um perigo para quem está estudando para a prova de residência.

A navegação por elas toma muito nosso tempo. Muitas vezes passamos horas e nem sequer nos damos conta do tempo que foi perdido.

Assim, aproveite essas horas preciosas perdidas nas redes sociais e estude. Tudo bem dá uma olhadinha no seu perfil nos momentos de descanso, mas veja bem, somente no momento de descanso.

3. Descanse e tenha uma boa alimentação

O mundo exige que sejamos produtivo o tempo inteiro, mas o cérebro precisa descansar. Sem isso, ele não consegue funcionar em plena capacidade.

Então aproveite para programar pausas quando estiver estudando, programe também pelo menos um dia de folga na semana para você, para fazer somente o que gosta e espairecer um pouco.

Dormir bem também é imprescindível, por isso precisamos dormir cerca de 8 horas por dia. Além disso, a alimentação também é um fator importante para ter um bom desempenho nos 

Existem alimentos que fornecem mais energias aos estudantes como a banana, o abacate e os cereais.

Mas os grandes aliados da concentração são os chás (chá-verde e de canela), o uso moderado de café e o chocolate 70% cacau.

Por isso, mantenha uma alimentação saudável, evite o excesso de açúcar e carboidratos, os alimentos industrializados, as frituras no geral e os embutidos. Eles diminuem a concentração e aumentam o cansaço.

4. Faça um cronograma de estudos

Montar um cronograma de estudos é essencial para a sua concentração, pois o cérebro aprende a manter uma rotina de estudos. Com ele você define quais matérias serão estudadas, em que dias e horários.

Essa sistematização é fundamental para você conseguir lidar com a quantidade de conteúdos que devem ser estudados para a prova de residência.

É necessário para você não se sobrecarregar, pois o planejamento deve ser feito respeitando o seu ritmo de estudos.

5. Revise a matéria aprendida no mesmo dia

Revisar a matéria vista no dia além de evitar o acúmulo de conteúdo, fará com que o cérebro entenda que é importante e apreenda melhor o que está sendo aprendido.

6. Faça pequenas pausas entre as matérias

Estudar durante 3-4 horas ininterruptamente é completamente improdutivo. O cérebro tem um intervalo de tempo no qual consegue focar sem pausas, aproximadamente uma hora, mas varia de pessoa para pessoa.

Por isso, o descanso é tão necessário. Veja quanto tempo consegue se manter totalmente concentrado, quando começar a se sentir cansado, descanse. Ou utilize outros métodos de estudos com pausas já definidas.

O cérebro precisa absorver o que foi estudado, e, para isso, precisa estar descansado. Criar um cronograma de estudos fica mais fácil de programar essas pausas, para que você não perca o foco.

7. Tenha um local adequado para estudar

O ambiente de estudo influencia bastante no seu nível de concentração. Sendo assim, não estude na cama ou muito menos no sofá, pois esses devem ser locais de descanso.

Desse modo, procure um ambiente bastante iluminado, arejado e silencioso, com pouca interferência.

Esse lugar deve ter também todas as ferramentas utilizadas para dar início aos estudos (computador, livros, canetas, cadernos). Além de estar organizado, visto que a bagunça também pode tirar o seu foco.

Caso não consiga encontrar esse lugar adequado para você em casa, busque a casa de um parente, de um amigo, uma biblioteca pública ou até mesmo a própria faculdade.

8. Conheça o seu relógio biológico e respeite o seu tempo

Qual o horário no qual o seu rendimento é maior? Pela manhã? À tarde? À noite? De madrugada?

Estude no horário que for melhor para você. Se você estuda com mais qualidade pela tarde, então deixe as matérias mais difíceis para esse horário, já que será mais produtivo.

Não tente estudar a noite se dorme cedo, por exemplo - mesmo que adote estratégias como tomar café ou energético - o seu rendimento será menor.

Além disso, não são estratégias saudáveis e podem acarretar algum problema de saúde a longo prazo.

Às vezes, mesmo no horário mais produtivo a concentração não chega. Então não se desgaste. Pare um pouco, vá beber uma água, escutar música, comer e depois volte para estudar.

Esta é uma das melhores dicas sobre como se concentrar nos estudos, já que visa respeitar o seu ritmo de estudos.

9. Prefira escrever à mão ao invés de digitar

Aqueles que escrevem à mão têm um aproveitamento maior e melhor quando comparados àqueles que digitam. Pesquisas mostram que a atenção ao conteúdo é maior, assim como a compreensão, resultando num maior aprendizado.

Isso porque mais redes neurais são ativadas ao escrever, pois fazemos movimentos diferentes para escrever cada letra.

10. Use os resumos a seu favor

Revisar também é estudar. Então os resumos são extremamente importantes para isso. Faça um para cada matéria estudada, mas não copiando o que está lendo. Prepare o seu resumo como se estivesse preparando uma “cola” para a prova.

Seja conciso, aborde apenas as partes essenciais do conteúdo. Opte por fazê-lo à mão, já que o aprendizado com certeza será maior.

11. Não tente estudar cansado

A mente cansada não consegue alcançar o mesmo nível de concentração e apreensão.

Então, para que o seu rendimento seja maior, opte por fazer pausas necessárias, para que seu momento de estudo seja mais proveitoso, para que você aprenda melhor e com mais qualidade.

Mesmo que para isso você precise atrasar o seu cronograma de estudos. Você não vai perder tempo de jeito maneira, vai otimizá-lo.

12. Aproveite a sala de aula para tirar dúvidas com o professor

Muitas vezes sentimos dúvidas sobre determinados assuntos ao longo da explicação do professor. Saiba que todo questionamento é válido, não existe dúvida certa ou errada.

Não guarde a sua pergunta. Se tiver vergonha de levantar a mão na frente de todos da sala de aula, espere a aula terminar e fale em particular com o professor.

A sua compreensão do assunto pode depender dessa dúvida. O seu estudo será mais proveitoso se você souber todos os detalhes daquilo que está sendo estudado.

13. Prepare alguns petiscos e deixe água por perto

Como falei logo no começo do texto, estudar é considerado por muitos um ato difícil e cansativo. E acrescento, um ato tedioso até, mas que é extremamente necessário para alcançar a aprovação.

Dessa maneira, ao fazer isso, você precisa do máximo de concentração possível. Então fica a pergunta, como se concentrar nos estudos

A resposta não é tão simples, mas parte dela é: evite distrações.

Vai chegar uma hora na qual sentirá sede e fome, por isso deixe tudo que precisar ao seu alcance. Já deixe tudo no seu ambiente de estudos.

Agora não vale também se enganar e ficar pausando os estudos a todo tempo para se alimentar ou beber água. Faça isso em momentos específicos, nas suas pausas.

14. Estude sozinho

Para alguns, estudar em grupo é extremamente proveitoso. Enquanto para outros não podemos afirmar isso, já que podem surgir conversas paralelas, atrapalhando a concentração.

A diferença de ritmo de estudo entre as pessoas também é um fator negativo para adotar o estudo em grupo como estratégia. No entanto, essa troca de conhecimento é válida e pode ocorrer uma vez por semana ou na frequência que você preferir.

Então, se você é daqueles que preferem estudar sozinhos, utilize seus momentos para explicar para si mesmo a matéria.

Muitos alunos pecam ao achar que o número de aulas assistidas é suficiente para ter o nome no listão dos aprovados para a residência. Ledo engano, o ato de estudar a matéria com o máximo de concentração possível sim, ele pode garantir a aprovação.  

Além disso, fazer questões de provas anteriores, resumos e mapas mentais quando estiver estudando sozinho te ajudam a fixar melhor o conteúdo.

Conclusão

como se concentrar nos estudos: estudante concentrada estudando

Afinal, como se concentrar nos estudos?

Como podemos ver, não existe uma resposta específica ou uma resposta padrão para essa pergunta, são inúmeras as estratégias que podem ser adotadas para se concentrar nos estudos.

Assim, manter uma boa noite de sono, se alimentar bem ou até mesmo manter um ambiente de estudos adequado são alguns exemplos.

Pode ser que algumas das 14 dicas sobre como se concentrar nos estudos  não funcionem para você, mas faça o teste, busque aquela que se adequa às suas necessidades.

Leia mais:

Método Robinson: O Que é e como potencializar seus estudos? 

Como usar os flashcards e garantir a sua aprovação

Método PBL na Medicina: O que é, Como Funciona e Vantagens