Mentalidade

Será que ainda dá tempo de estudar para a residência?

Publicado em
10
/
05/2021

É fato que o ano de 2021 está muito diferente do que todos esperavam! 

A segunda onda do COVID 19 chegou afogando os planos de muitos candidatos à Residência Médica em 2022, mas será que você vai desistir sem tentar nadar?

Acredite: você não está sozinho na dificuldade de manter o ritmo de estudo. 

Dos alunos que acompanho, quase todos diminuíram o ritmo - ou seja, a exceção é para quem está em dia com o curso, mas nosso trabalho árduo é encontrar um caminho para que você não pare com o estudo e agora vou te mostrar o porquê disso. 

Quase todos os dias recebo mensagens de alunos preocupados porque o mês de maio já iniciou e os mesmos ainda não embalaram no estudo. E sabe qual é a resposta que dou a todos eles? 

Não se cobre!!!

Exatamente isso, pois não está fácil para ninguém… O momento é de muita cautela e trabalho duro. Não esqueça que não é por sua escolha, mas o que não pode fazer é deixar os pensamentos negativos tomarem conta, te deixando ansioso e paralisado.

Na mentoria falamos muito com os alunos sobre o crítico interno. 

Sabe aquela vozinha que fica na nossa mente nos criticando o tempo todo? Você já percebeu que na maior parte do tempo ela se manifesta para nos colocar para baixo?

Você já chegou a pensar que o que você faz nunca é suficiente? Ou mesmo que não é bom o bastante para conseguir passar? Está se identificando???

O primeiro passo para quem deseja retomar o estudo ou voltar ao ritmo desejado é aprender a controlar essa voz, ou seja, só deixar ela falar para elogiar o nosso esforço, por mais que não seja possível fazer tudo o que desejamos.

Pois bem, aprenda que nos momentos de dificuldade "o feito é melhor do que o perfeito", ouvi essa frase várias vezes quando fiz a minha formação de Coach e algumas vezes me perguntava se isso não era uma maneira de se conformar com pouco, mas hoje tenho toda a convicção que não é não!

O ritmo no estudo é algo que demoramos para conseguir. Quando iniciamos o estudo tendemos a exagerar nas horas estudadas ou estudamos pouco porque ainda estamos desorganizados. Conseguir um equilíbrio, no qual estudamos bem e com produtividade é algo muito difícil e que poucas pessoas conseguem.

No entanto, quando paramos, parece que retomar é mais difícil do que iniciar. Nosso crítico interno entra em ação com todas as forças nos dizendo que é muito esforço para algo que nem temos certeza se vamos alcançar! 

É isso mesmo - lutamos contra nós mesmos.

Por isso que o feito - ou seja, diminuir o ritmo - é melhor do que o perfeito, pois a tendência é não conseguir e desistir. Verifique que este momento que você está vivendo é complicado por si só. Não estudar é o mais fácil, porém também veja que optar por esta decisão só confirmaria os pensamentos sabotadores do seu crítico interno.

Chegou a hora de mudar as suas atitudes para justificar novos pensamentos. Se você está parado, comece. Se você diminuiu o ritmo, tente voltar aos poucos. O mais importante é mostrar para você mesmo que nada está perdido. 

Ainda tem muito tempo até as provas e você é inteligente o suficiente para conseguir planejar e aprender o que precisa para passar.

Aprenda a racionalizar seus pensamentos - todas as vezes que você pensar em algo negativo, pergunte-se o porquê de achar isso, e tenho certeza que na maioria das vezes serão pensamentos infundados. Caso seja algo verdadeiro, não deixe que isso te abale, tome como uma crítica construtiva e pense como você pode fazer diferente para ser uma pessoa diferente.

Assim, você conseguirá avançar e aos poucos irá vendo resultados e se motivando para fazer mais e mais. O mais difícil é assistir a primeira aula ou retomar de onde parou, mas depois disso você será capaz de seguir em busca dos seus sonhos e pode ter a certeza que estaremos sempre aqui para ajudá-lo a fazer a diferença!

Encare esse desafio agora mesmo e vá à luta pela sua vaga. 

Não deixe que seus pensamentos negativos sejam mais fortes do que o seu desejo de ser RESIDENTE EM 2022.

Comprometa-se com um pouquinho a cada dia e você logo verá os resultados começarem a chegar - e com eles, uma tranquilizadora mudança nos seus pensamentos.


Forte abraço,

Diana Sette Mentora | EMR