Dicas

Apresentamos os 9 Passos da Aprovação!

Publicado em
06
/
04/2021

Para muitos, a Residência Médica é um sonho. 

Mas ela é muito mais do que isso: ela é um sonho possível. 

Porque não estamos falando de algo inatingível - não, a caminhada até a conquista da residência é feita de passos, como qualquer outro trajeto.

E para alcançá-la da forma mais objetiva, é preciso conhecer bem cada passo a ser dado, já que é através da eficácia deles que nos aproximamos ainda mais dos nossos objetivos.

Quando o assunto é conhecer sua banca - que acredite, fará de tudo para te confundir na hora da prova - é essencial saber muito bem onde está pisando, principalmente para não recair sobre alguns dos erros mais cometidos entre os alunos durante sua preparação.

Neste momento, contar com a experiência de especialistas que já mapearam o melhor caminho até à aprovação faz toda a diferença no seu preparo.

Sempre nos orgulhamos de afirmar - e, através dos resultados obtidos pelos nossos alunos, também provar - que somos um preparatório capaz de ensinar o verdadeiro Passo a Passo da Aprovação.

E foi baseado no feedback positivo desses alunos, aliado à enorme experiência adquirida pelos nossos professores em suas próprias jornadas de aprovações, que aperfeiçoamos ainda mais o nosso método, representado abaixo pelos 9 Passos da Aprovação - que tal conhecê-los agora mesmo e começar a caminhar junto conosco rumo ao seu sucesso?

1. Escolha sua especialidade

Antes de pensar no melhor caminho, você precisa saber aonde quer chegar - ou seja, qual será a sua escolha de residência. 

Ter isso em mente eleva o desempenho nos estudos, fazendo com que o seu cérebro trabalhe em seu potencial máximo através da definição de metas claras e objetivas.

2. Opte por uma metodologia focada na sua banca

A banca é o maior obstáculo entre você e o futuro que tanto deseja. Mas ela só põe medo em quem não conhece a sua forma de pensar.

Para realmente superar sua banca, antes é preciso dominá-la.

E isso só é possível por meio da escolha de uma metodologia ativa, e que conte com um plano de estudos inteiramente voltado para a forma como ela costuma cobrar seus conteúdos.

Acho que já sabe de quem estamos falando, né? 😉

3. Estabeleça uma rotina de estudos

  • Especialidade ok! ✔️
  • Método ok! ✔️

Agora bota na rotina pra banca virar freguês!

É, a rima não foi das melhores, mas este conselho será: não adianta ter definido a residência que pretende fazer ou mesmo a melhor metodologia, se o ato de estudar não virar hábito - ou melhor, rotina. 

Para tirar seus planos do papel, primeiro é preciso colocá-los lá - e uma das melhores maneiras de fazer isso é com a ajuda de um planner, distribuindo atividades diárias e pequenas metas ao longo do seu preparo, assim a sua curva de aprendizado evoluirá a cada semana!

4. Comece a estudar o quanto antes!

Algo precisa ficar claro para você: a eficácia do seu preparo para a Residência está diretamente ligada ao timing do seu estudo.

E o quanto antes iniciá-lo, mais cedo alcançará a segurança necessária para encarar a banca. Não se engane acreditando que ainda há tempo de sobra para realmente “meter a cara” nas apostilas e simulados. 

Aliás, tenha certeza: seus concorrentes já começaram os estudos deles - e você não quer perder a vaga para quem já está focado na banca, não é mesmo?

5. Resolva questões desde o início!

Falamos acima que eficácia = timing, certo?

Mas adiantar seu estudo não se resume ao mero consumo de conteúdo: o que realmente te levará à aprovação é a resolução de questões - afinal, é nisso que se baseia uma prova, não é mesmo?

Infelizmente muitos alunos adiam o começo da prática até o último minuto, acreditando que é necessário construir uma “base” antes de botar a mão na massa - não caia nesse erro, resolver questões é que é a melhor base para o seu estudo!

6. Acompanhe seu progresso

Um aprendizado frágil pode ser o resultado de diversos fatores, mas a falta de acompanhamento do seu progresso certamente é um dos mais prejudiciais.

Além de perder o medo de realizar simulados, você deve acompanhar de perto as pontuações obtidas neles, sempre avaliando se o seu aprendizado evoluiu ou estagnou - somente assim fará um “raio x” preciso do seu estudo e identificará os pontos carentes de reforço.

7. Tire dúvidas!

Durante as tentativas de colocar o conhecimento em prática surgiram dúvidas? Principalmente aquelas mais chatinhas, cuja solução não encontrou tão facilmente na teoria? 

Tire-as logo, contando com os recursos disponíveis: participe de lives Tira-dúvidas, entre em grupos de discussão nas redes sociais ou mesmo busque contato direto com professores.

Só o que não pode é ficar com o estudo travado por “acanhamento”, viu?

8. Organize-se através de uma mentoria

Se chegou até aqui, a essa altura o seu preparo já está praticamente uma locomotiva - mas que tal transformá-lo num verdadeiro “trem-bala”, através dos benefícios que a organização pode te oferecer? 

Com o plano de estudos já em andamento, o mais importante é não deixá-lo “sair dos trilhos”, e é justamente aí que entra o trabalho da mentoria, te ajudando sobretudo na execução dos passos dessa lista. 

Profissionais dedicados à otimização do cumprimento de atividades e metas, os mentores te darão o suporte necessário para chegar onde você quiser!

9. Revise O TEMPO TODO!

Revisar aquilo que foi aprendido é o que permite o seu avanço no plano de estudos de forma confiante. Esse hábito deve ser recorrente e precisa fazer parte da sua rotina, do começo do seu preparo até o dia da prova. 

Acredite: repetir esse passo durante todo o processo é a chave para o seu sucesso!

Seguindo esses passos e unindo o seu empenho ao nosso método, teremos um encontro marcado com o listão dos aprovados em 2022! 

E aí, o que está esperando para clicar aqui e começar?

Últimos artigos de Pedro Malta

Ver todos
Ver todos