Editais

Saiba mais sobre a prova de residência do HIAE - SP

Olá, concurseiros! Voltamos! 

Hoje iremos falar sobre a divulgação do edital de um processo seletivo de residência médica para um dos hospitais mais conceituados do Brasil!

Sim, o título desta matéria já entregou. 

Estamos falando do Hospital Israelita Albert Einstein de São Paulo (Hiae – SP). Em 2020 ele foi considerado o melhor hospital da América Latina e um dos 100 melhores do mundo. De acordo com a revista americana Newsweek.

Antes de falar os detalhes sobre o certame, deixa a gente te dizer que as inscrições para os cursos de revisão SES-PE e R+ SES-PE já estão abertas. O curso de revisão SURCE também está com as matrículas abertas.

Todos eles estão com um desconto imperdível!

Vem estudar com a gente! 

Cronograma Hiae-SP 2022

  • Período de inscrição: 15/10/2021 a 04/11/2021
  • Realização da prova objetiva: 15/11/2021
  • Divulgação do gabarito: 16/11/2021, a partir das 17h
  • Convocação para a prova prática: 10/12/2021
  • Prova prática e entrevista (acesso direto): 04 e 13/01/2022
  • Prova prática e entrevista (pré-requisito): 06/01/2022
  • Resultado para prova prática e entrevista: 20/01/2022
  • Resultado final e convocação: 31/01/2022
  • Início da residência médica: 01/03/2022 

Inscrições Hiae-SP 2022

Para se inscrever neste processo seletivo o candidato deve acessar este link. O valor da taxa de inscrição é de R$ 660,00

O Hiae-Sp oferece vagas para programas com acesso direto, com pré-requisito e, também, para treineiro. Para esse último, são oferecidas 60 vagas

O candidato deve indicar sua preferência no ato da inscrição e só poderá participar da 1º fase, a prova objetiva, que é a mesma dos candidatos aos programas com acesso direto. A taxa de inscrição para os treineiros também é diferente, o valor é de R$ 420,00.

Para ter acesso ao edital para os programas de residência médica clique aqui

Especialidades com acesso direto - vagas

Especialidades Vagas Vagas reservadas para as forças armadas
Anestesiologia 4 0
Cirurgia geral*1 3 1
Clínica médica*1 9 1
Ginecologia e obstetrícia*1 5 1
Medicina da família e comunidade 10 0
Medicina de emergência 2 0
Medicina intensiva 5 0
Neurologia*1 2 1
Ortopedia e traumatologia*1 2 1
Patologia clínica/Medinina laboratorial 1 0
Pediatria 4 0
Radiologia e diagnóstico por imagem 6 0
*1 Número de vagas ocupadas por candidatos já aprovados e matriculados no ano anterior que foram convocados para o Serviço Militar obrigatório

Especialidades com pré-requisito - vagas

Especialidades Vagas Vagas reservadas para as forças armadas
Cardiologia 48 0
Cirurgia vascular 2 0
Geriatria 2 0
Hematologia e hemoterapia 3 0
Medicina intensiva pediátrica 2 0
Nefrologia 3 0
Neonatologia 2 0
Oncologia clínica 14 0
Trasnplante de medula óssea 2 0
Urologia 2 0
*1 Número de vagas ocupadas por candidatos já aprovados e matriculados no ano anterior que foram convocados para o Serviço Militar obrigatório

Como são as provas FMUSP: acesso direto e pré-requisito?

Primeira fase: acesso direto

Composta por uma prova objetiva (peso 5) com 75 questões de múltipla escolha, cada uma com quatro alternativas. O tempo total de prova é de 4 horas.

O conteúdo programático versa sobre Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Medicina Preventiva e Social.

Primeira fase: pré-requisito

Prova objetiva de peso 5, versando sobre o pré-requisito de escolha. São 50 questões de múltipla escolha com 4 alternativas. A prova tem duração de 2 horas e meia.

Segunda fase: acesso direto e pré-requisito

Nesta etapa o candidato faz uma avaliação que vai muito além dos conteúdos teóricos.

Ela também tem como objetivo avaliar competências como o trabalho em equipe, a comunicação, a ética, empatia e o profissionalismo. É esperado que o candidato tenha uma atuação semelhante à sua prática.

Prova prática (peso 4) 

A prova prática tem 5 estações (avaliadas de 0 a 100 pontos), cada uma delas com 9 minutos para a sua realização. Esse é o tempo para ler o caso e realizar tarefas específicas. 

Entrevista com análise curricular (peso 1)

Na segunda fase é feita a entrevista com análise curricular, realizada individualmente. Assim como a prova prática, ela tem a duração de 9 minutos. Ademais, o currículo deve ser entregue previamente, obedecendo ao Edital de Convocação para a Prova Prática, que será divulgado posteriormente.

Na entrevista -  pontuada de 0 a 50 -  são avaliados o histórico e desenvolvimento acadêmico, argumentos sobre a opção pela especialidade e pela Instituição. E ainda, o concurseiro deve argumentar sobre a sua ocupação na vaga e sobre os cenários vinculados à sua carreira médica e futuro profissional. 

A pontuação da análise do Curriculum Vitae também vai de 0 a 50 pontos.  Para a sua avaliação são observados os seguintes critérios:

  • Estágios Acadêmicos – máximo de 10 pontos
  • Produção Científica - máximo de 20 pontos
  • Língua Estrangeira - máximo de 05 pontos
  • Cursos Modulares e Certificações - máximo de 15 pontos

Para mais, a residência em Transplante de Medula Óssea é a única com algumas especificidades. A prova prática possui uma questão específica com duração de 9 minutos, que está de acordo com o conteúdo programático. Além disso, a entrevista pode ter uma duração maior, podendo chegar até 18 minutos.

Classificação final e desempate

A nota final para as especialidades com acesso direto e com pré-requisito é dada de acordo com a média ponderada das notas obtidas na prova escrita, na prova prática e na entrevista com análise curricular e seus respectivos pesos.

Caso haja empate são estabelecidos os seguinte critérios de desempate:

  • 1º Maior nota na prova prática;
  • 2º Maior nota na Prova Escrita Objetiva (teórica);
  • 3º Maior nota na Entrevista e análise de Curriculum Vitae;
  • 4º Maior idade, com privilégio para o mais velho.

Bons estudos!